Vietnã – Ho Chi Minh

Aeroporto de Ho Chi Minh

Quando a gente ouve falar em Vietnam logo lembramos da guerra, e da derrota do EUA , a guerra que acabou em 1975 durou 10 anos e deixou muitas marcas na história, porém hoje o povo fala com orgulho da vitória sobre o país mais poderoso da terra.

Chegando em Ho chi Minh fiquei impressionado com o aeroporto ,muito bonito e novo, aliás ate agora não vimos um aeroporto que fosse mais feio que o nosso de Guarulhos infelizmente.A cidade de Ho Chi Minh é muito parecida com o Brasil as ruas os prédios tudo se parece muito.

Logo na chegada um senhor veio e ofereceu um táxi porém ele não era taxista tava fazendo bico ali, combinamos o preço e fomos para o hotel 15 minutos dali, no centro de Ho Chi Minh.

chegamos tarde era umas 2 da madrugada, como tínhamos apenas 2 dias no Vietnam porque perdemos um dia na china devido a um tufão que passou e nosso voo teve que ser transferido para o outro dia, fui com os passeios já reservados.

Dormimos apenas 3 horas e logo acordamos ,tomamos café no Hotel e fomos para um outro hotel local combinado para pegarmos a Van para irmos ao nosso primeiro passeio, que era explorar o rio Mekong.

Rio Mekong

O rio Mekong é muito importante para o Vietnam e  também um dos mais importante do sudeste asiático, o Rio Mekong além dos peixes para os pescadores é o principal meio de sobrevivência para os sul vietnamitas.

nosso barco

Chegamos no porto e entramos no barco , éramos em 13 turistas de vários países, Costa Rica , Japão, Austrália, EUA, República Tcheca e Brasil é claro, um grupo bem bacana com alguns casais mais idosos super simpáticos.

Subimos rio acima, que começa bem largo e depois entramos em um de seus afluentes aonde começava a se estreitar, antes de entrar floresta adentro a visão não era bonita as casas a beira do rio eram muito pobres, nosso guia um ótimo guia ,gostava de falar e de dar detalhes ,falou que a maioria das pessoas que moravam ali viviam com menos de 50 dólares por mês..

pobreza

Continuamos subindo o rio, e fizemos a primeira parada em uma Pagoda um templo budista  a beira do Rio.

Descemos do barco e fomos conhecer o templo ,havia muitas crianças aprendizes de monges arrecadando as doações já que os monges não compram nada e vivem apenas delas.

Templo
Nosso guia mostrando um ovo de crocodilo

Nossa segunda parada foi uma feira em uma pequena vila , lá nós vimos como era o dia a dia dos vietnamitas , apesar de bem simples havia muitas frutas verduras e peixes frescos, a limpeza não é o forte, aliás no sudeste asiático a higiene praticamente não existe porém a feirinha tinha seu charme com os vendedores super sorridentes, era uma mistura de lojinhas barracas , as motinhos passavam toda hora pelo corredor apertado entre elas, foi divertido e interessante o nosso guia explicava sobre as frutas , ervas da culinária vietnamita, mas oque mais gostei foi o contato com a simplicidade do povo , coisa que a gente perde vivendo no japão.

Simplicdade e felicidade

Lindo sorriso

Continuamos subindo o rio e a medida que subíamos ele continuava estreitando, fizemos mais 2 paradas uma em um pequeno sitio que se fabricava vasos de bonsai e uma parada em uma fazenda para tomarmos uma água de coco ,nessa fazenda uma grande plantação de mandioca me chamou a atenção não sabia que tinha mandioca no Vietnam.Na pequena fazenda tinha uma casa simples mas muito limpa e muto organizada, aliás os vietnamitas mantem suas casas sempre muito limpa, mesmo que o chão seja de terra batida e o telhado de palha por dentro sempre impecável, a família da fazenda nos recebeu carinhosamente ,todos queriam usar o banheiros pois já estávamos navegando a 2 horas, um senhor  nos guiava para dentro da sua casa  nos fazia sentar em banquinho enquanto esperávamos o banheiro desocupar , nisso ele perguntava de onde éramos , eu disse “eu sou do Brasil” e ele dizia: eu sou do Vietnam ! E dava uma baita e gostosa gargalhada,

Simpatia em pessoa.

muita simpatia e simplicidade nos fazia ficar muito a vontade.

Voltamos para o barco, e ainda subindo o rio , nosso guia nos avisa, próxima parada almoço.

Paramos em uma pequena vila novamente , e andamos a pé por algumas quadras, passamos em frente de uma escola e as crianças foram a porta para acenar pra gente ,

paramos em pequeno galpão com as mesas já arrumadas a nossa espera, nos serviram algumas comidas típicas do Vietnam, nos serviram uma sopa , meio adocicado e cítrica ao mesmo tempo ,muito diferente do nosso paladar, arroz , spring roll, frango cozido e um cozido de carne de porco adocicado (não gostei) o último prato uma surpresa ,3 enormes peixes fritos com escamas que estavam ótimos.

Almoço

Aproveitando o momento a mesa o pessoal aproveitou para conversar um pouco, e se conhecer eu me divertia com a conversa dos japoneses tentando falar inglês com a pronuncia que só a gente entende!!rs

Após almoçarmos fomos em um outro templo ,dessa vez uma religião cadeísta, que é uma seita que reúne todas as religiões, o tempo que havia fechado anunciou a chuva , começou uma pequena garoa,  apressamos para chegar no barco. nosso guia começou a distribuir para todos capas de chuva,  começamos a descer o rio para voltarmos para o porto, nossa sorte foi que a chuva veio no fim do passeio , colocamos as capas de chuva, o guia e os 2 tripulantes abriram enormes guarda chuvas na frente para que a chuva não nos molhassem muito, de repente os casais de idosos sentados a nossa frente começaram a rir sem entender ela me chamou e perguntou se queria que ela tirasse uma foto nossa, então descobri que o motivo dos risos eram minha capa de chuva de bolinhas azuis, caímos na gargalhada também.

Minha capa de bolinhas azuis.

Voltamos ao hotel após o passeio e fomos conhecer o Ben Than Market ,um tipo de mercadão municipal que você encontra de tudo, comprei muitas frutas , as frutas do sudeste asiático são deliciosas e super doces e uma variedade incrível ,grande chance de conhecer novos sabores.

Muitas Frutas
Camarões secos
Muitas variedades de doces

Cu Chi Tunnels

Eu estava ansioso para conhecer a região de Cu Chi ,local onde foi a maior resistência do Vietnam na guerra ,pra quem teve a adolescência nos anos 80 e cresceu assistindo os filmes da guerra do Vietnam tem uma certa ideia de como  foi a guerra.

Os EUA com o seu dinheiro, super equipamentos,  helicópteros, tanques ,aviões, toneladas de bombas despejadas ,armas químicas, não conseguiram parar os vietnamitas ,que tinham pouco dinheiro, usavam as bombas que não detonavam lançadas pelos americanos reaproveitavam tudo que podiam, usavam muitas armadilhas convencionais feitas e bambu, mas como foi possível vencer os americanos ,o segredo estava em Cu Chi e muita estratégia militar.

Dentro do túnel

Em Cu Chi foi construída pelos soldados e pela população vietnamita uma rede de túneis que tinham em torno de 250 Km , cavadas em 3 níveis de profundidade, embaixo da terra eles tinham tudo , casa ,escola , hospitais ,sala de reuniões, dormitórios, banheiros ,acredite se quiser ,havia uns sistema de canalização de água através de bambus que vinham do rio Mekong e também sistemas de ventilação que funcionam até hoje.

Guia levando a gente pela primeira parte de túneis.

Hoje uma parte do local se tornou como um museu ao ar livre os túneis foram alargados para que os turistas possam entrar ,mas ainda assim a sensação de falta de ar, de sufoco e mais o calor se tornam desesperador lá dentro.

Os túneis para os turistas tem saída a cada 25 a 30 metros , então se você acha que não aguenta pode sair rápido lá de dentro.

Além dos túneis tem ainda um tanque de guerra que foi abatido por uma mina terrestre e ainda permanece no mesmo local.

Há uma parte que mostra como eram feitas as armadilhas que feriam os soldados americanos, o interessante que as armadilhas não eram para matar, apenas ferir ,porque um soldado ferido precisa de 2 para carregá-lo se tornando um alvo fácil.

As armadilhas

Cozinha construída dentro dos túneis

Também em Cu Chi você pode dar tiros com armas de verdade usadas na guerra, basta comprar as balas no minimo 10 o preço varia conforme o calibre mas em média sai 1500 ienes, o som dos tiros podem ser ouvidos por toda a área aumentando a imaginação de como seria em dias de guerra.

Catedral ,arquitetura francesa

 Outros bons lugares pra conhecer,  a catedral que é uma construção francesa , construída na época do domínio francês.

O Correio central também construção francesa.

E o museu da guerra, que conta como foi a guerra e os crimes de guerra praticado pelo EUA umas das mais terríveis foi  o ataque com armas químicas,  veneno que além de matar deforma o feto das mulheres grávidas, algo realmente chocante.E o palácio da reunificação ,foi o palácio onde o governo americano comandava todas as suas ações na guerra, palácio que foi destruído pelos vietnamitas do Norte sendo o marco da vitória sobre os americanos ,o palácio foi reconstruído e hoje é um museu.

Agente Laranja

Por dentro do museu.

Correio central ,linda arquitetura francesa.
Palácio da reunificação
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s