Couchsurfing Teoria x Prática

Alain foi meu primeiro hóspede, um francês que está dando a volta ao mundo de bike.Ele cozinhou uns pratos franceses pra gente em troca da hospedagem!


A dica mais comum pra quem que baixar o custo da viagem é: Faça CouchSurfing, só se preocupe em ver as referências!!

Na teoria parece fácil, pelo que as pessoas dizem parece que vai chover gente abrindo as portas da suas casas, de 10 pedidos 11 vão te aceitar.Mas na real não é bem assim, quem já viajou fazendo CS sabe.

Você tem que mandar muito, mas muitos pedidos para conseguir um lugar pra ficar, e ainda corre o risco de ultima hora a pessoa cancelar.

Mandei uns 5 convites pra Marrakech, apenas 1 aceitou, e quando entrei em contato ele disse :Quando chegar aqui a gente acertar o valor ?Oi? Valor?pois é tem essas também!rs

Aí o pessoal fala que você deve se preocupar em ler as referências pra ver se é seguro, Ok! Mas o anfitrião também vai ler as suas e se você não tiver nenhuma? Ficará mais difícil. Por isso minha dica é, hospede o máximo de gente que puder e construa suas boas referências, e com certeza essas pessoas que você recebeu conseguirá bons contatos pra você.

Escreva bem a bio no seu perfil isso ajuda bastante, coloque coisas em que você pode fazer em troca de hospedagem, tipo cozinhar uma comida brasileira ou fazer um bolo.Outra coisa bacana de se fazer é levar alguma lembrança.

Couchsurfing não é Hostel. Parece que as pessoas focam muito na economia, mas esse não é o verdadeiro e nunca foi o propósito do CS.


Cidades com grande massa turística as vezes fica mais difícil conseguir um lugar, só se o anfitrião realmente for com sua cara, porque é tanta gente querendo um lugar pra dormir só para economizar que as pessoas ficam saturadas.E tem muitos anfitriões que quando percebem que a pessoa só quer economizar e não aceitam.Já vi perfis escrito:”Não me peçam pra ficar na minha casa se querem somente economizar, posso te indicar Hostels baratos, venha e passe um tempo comigo e minha família!”

Essa história de chegar na cidade e mandar o pedido de última hora também não rola, você vai ter que contar muito com sua sorte.


Casais e homens solteiros tem mais dificuldade de encontrar que mulheres solteiras.Talvez por mulheres sozinhas parecerem oferecer menos riscos e claro que tem muita gente carente por aí.

Hospedei um casal de portugueses, que para conseguirem CS em umas 5 cidades mandaram mais de 100 pedidos e ainda tiveram alguns que cancelaram de última hora, e tudo foi feito 5 meses antes.Esse casal se tornou grande amigos e quando fomos a Portugal fizemos o CS com eles e tivemos uma grande experiência passando o natal com uma família portuguesa.

Então galera não é tão fácil assim como dizem tem que ter muita paciência e contar com a sorte da pessoa estar também disponível na queles dias.Então minhas dicas são:
1.Primeiro hospede e construa suas referências.
2.Escreva muito bem seu perfil
3.leia as referencias do anfitrião mas leia a bio dele também.
4.Mande muitos pedidos, não pense que de cada 2 um vai aceitar, pode ser que aconteça mas não espere.
5.Tenha em mente que CS não é Hostel.Você tem que passar um tempo com o anfitrião, não é só jogar as mochilas lá e bater perna.Alguns anfitriões não ligam de você apenas dormir mas a maioria quer te levar pra algum lugar e tal então seja open mind!!
6.Comece a enviar os pedidos 1 mês antes de se hospedar pois com muita antecedência, a maioria não responde ou  diz que não dá pra saber se estarão disponíveis na data por estar muito longe dos dias pedido.
Espero ter ajudado melhor com essa infos!abraço!!




Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s